9 jeitos de melhorar a performance do seu PC

Como instalar o Netflix em uma TV que não possui esse recurso?

É inevitável: em algum momento seu computador vai começar a ficar mais lento. E saiba que há vários motivos para isso.

De excesso de arquivos e programas rodando ao mesmo tempo até possíveis problemas com a própria máquina. O fato é que tudo isso pode virar uma grande dor de cabeça.

A boa notícia é que, na maioria dos casos, é possível resolver estes problemas rápido e facilmente (e ainda evitar danos mais graves).

Por isso, separamos algumas dicas que podem ajudar a trazer o seu computador a sua antiga potência e glória:

1) Diminua o número de programas na inicialização

Embora certos programas sejam essenciais para o processo de inicialização do computador, alguns deles – como o Skype, Steam, entre outros – acabam só fazendo o computador demorar ainda mais para ser usado em sua capacidade “total”.

Por isso, é sempre bom ir até o Gerenciador de Tarefas do Windows para saber quais aplicações estão sendo carregadas quando o computador é ligado, e desativar as não-essenciais. Afinal, basta clicar nas que deseja “manualmente” depois que o computador ligar.

2) Delete arquivos temporários ou desnecessários

Embora caia no óbvio, é sempre importante levar em consideração que há muitos arquivos e programas que simplesmente não precisam estar instalados no PC, e cuja simples existência pode afetar seu desempenho.

Isto vai desde arquivos temporários que acabaram não sendo deletados por um motivo ou outro, até mesmo os chamados “bloatware”: programas que vieram junto com a máquina – ou algum outro componente do PC, como a placa-mãe -, mas que não tem utilidade prática para o usuário, e não só gastam espaço como diminuem sua potência.

3) Quanto mais RAM, melhor

A memória RAM é como a espinha dorsal do seu PC, capaz de acessar, ativar e manter os arquivos que estão sendo ativamente processados pela máquina com rapidez.

Quanto mais capacidade a memória RAM tiver (em gigabytes), mais fácil é este processo. O que significa que, de anos em anos, vale a pena adicionar ou trocar os “sticks” que compõem seu PC. É uma tarefa que requer um pouco de entendimento de hardware – e certamente é bem mais complicada em um notebook do que em um desktop -, mas os ganhos valem muito a pena.

4) Use um antivírus

Ainda ficando no óbvio, um bom antivírus é essencial para que seu PC não seja infectado por arquivos maliciosos, o que certamente faz com que a performance dele caia significativamente.

O mercado está repleto de antivírus de qualidade. Então é só instalar um que atenda suas preferências e mantê-lo constantemente atualizado para se manter protegido de ameaças em potencial.

5) Limpe os dados de seu navegador

Com uso constante, navegadores como o Edge, Chrome, Firefox e Safari vão guardando informações importantes sobre os hábitos de acesso do usuário por meio dos chamados “cookies” – pequenos arquivos que identificam elementos-chave do site visto e como se relacionam a quem o está vendo.

Há tambéo web cache, que guarda uma versão da página da internet no disco rígido para acessá-la mais rápido caso o usuário queira voltar a ela no futuro.

m Apesar de extremamente úteis, estes arquivos vão, com o tempo, deixando os navegadores mais lentos e pesados. Por isso, de tempos em tempos, é importante limpar os dados como cookies e cache para melhorar a velocidade do browser – e, com isso, o resto do PC.

6) Instale um SSD

Cada vez mais comuns no mercado, discos de estado sólido – mais conhecidos como SSDs – são o próximo passo na tecnologia de armazenamento de arquivos. Eles são significativamente mais rápidos que um HD comum e não sofrem com problemas de magnetização. Além disso, podem até ser encriptado para impedir que ladrões possam ter acesso a informações importantes.

Com um SSD, a velocidade de carregamento de programas e arquivos pesados tem um aumento enorme, e até a reinicialização de sistemas operacionais como o Windows é quase instantâneo. Seu maior problema acaba sendo o preço: mesmo os modelos menores, de 120 GB, ficam na faixa de R$ 350, enquanto os de 500 GB chegam a ultrapassar R$ 1 mil.

7) Desfragmente seu disco rígido

HDs comuns são compostos de diferentes partes mecânicas e giratórias para acessar os arquivos de um computador. Com o tempo, a leitura destes arquivos pode ficar mais complexa para ele, tendo de acessar diferentes partes do disco para carregar certos arquivos.

Por isso, de tempos em tempos, é importante fazer o processo de desfragmentação no PC, para que o HD funcione mais rápida e efetivamente.

(É importante notar que SSDs não requerem esta precaução)

8) Sempre esteja com tudo atualizado

Do Windows até a placa gráfica. Em todos os programas que você costuma utilizar é sempre bom verificar se há uma nova atualização disponível. Renovar estes programas e sistemas podem fazer com que eles rodem mais facilmente e tornem a experiência do usuário menos frustrante.

9) Preste atenção na temperatura do PC

Computadores precisam de um processo de resfriamento constante para que seus componentes não sofram danos ou até deixem de funcionar pelo calor excessivo.

Sendo assim, é importante saber se as ventoinhas do PC estão funcionando corretamente, e se não há excesso de poeira dentro da máquina, já que isto pode afetar em muito o desempenho do computador.

fonte de consulta: tecnologia.uol.com.br/listas/faxina-digital-9-jeitos-de-melhorar-a-performance-do-seu-pc.htm

Até o próximo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *