Acúmulo de programas e aplicativos pode colocar em risco dados dos usuários

Acúmulo de programas e aplicativos pode colocar em risco dados de usuários

A empresa de segurança Kaspersky Lab fez uma pesquisa a qual desmonstrou o modo como os usuários cuidam e realizam a manutenção de seus dispositivos torna os dados sigilosos vulneráveis a ciberameaças, principalmente em tablets, computadores e smartphones.
Ao passo que 63% dos usuários realizam regularmente uma revisão do conteúdo de seus smartphones, apenas cerca de metade das pessoas fazem isso com seus computadores e tablets. Ao mesmo tempo, 35% dos usuários excluem aplicativos de seus smartphones por falta de espaço no HD, mas somente 13% dos usuários de computadores fazem o mesmo.

De acordo com a Kaspersky, isso faz com que um terço dos aplicativos nos computadores sejam redundantes e, apesar de nunca serem usados, ficam no disco rígido ocupando espaço e possivelmente sendo executados em segundo plano, colocando informações sigilosas em risco.
Além disso, é comprovado que malware em computadores são mais atuantes do que em outros dispositivos, alcançando 28%, contra 17% em smartphones. Segundo os pesquisadores, apesar do comportamento arriscado dos usuários em relação ao gerenciamento dos computadores e das ameaças de infeção por malware serem maiores nestes, a maioria dos participantes ainda considera os computadores os dispositivos mais seguros para seus dados.

Para manter os dispositivos digitais mais seguros, a empresa recomenda:

1) Atualizar os aplicativos

É importante que os aplicativos estejam sempre atualizados, pois novas versões podem conter correções de segurança que evitam ou reduzem as vulnerabilidades do aplicativo.

2) Apagar aplicativos

Aplicativos gerenciados de modo incorreto também representam uma ameaça de segurança, pois muitas vezes transmitem dados, mesmo que não estejam sendo utilizados.

3) Alterar as configurações dos aplicativos

Isso faz com que o usuário gerencie a forma que irá interagir com o aplicativo. Informações como acesso a informações sigilosas, localização e dados do usuário com servidores de terceiros devem ser revisados, de forma a impedir que o aplicativo os utilize sem o conhecimento do usuário.

4) Usar software especializado

Instale um software especializado para ajudar a diferenciar os aplicativos com comportamento suspeito e/ou que não são utilizados, daqueles utilizados e que precisam de atualização.

Até o próximo post.

1 thought on “Acúmulo de programas e aplicativos pode colocar em risco dados dos usuários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *