Chegada de 5g trará avanços em diversos setores do país

Educação, saúde, mobilidade urbana e entretenimento serão áreas beneficiadas com a nova tecnologia

Chegada de 5g trará avanços em diversos setores do país

O ano de 2020 pode ser marcado por avanços tecnológicos no Brasil. Isso porque a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) prevê para o segundo semestre o leilão das redes 5g. A novidade promete mudar de maneira revolucionária o funcionamento da internet. Previsões otimistas indicam que a nova conexão pode passar a ser comercializada no país a partir de 2021.

Embora o 5g ainda esteja em fase de estudos no Brasil, alguns países já estão operando o sistema. Basicamente, o 5g proporciona uma velocidade de internet dez vezes mais rápida na comparação com o 4g. O avanço representa não apenas agilidade para baixar fotos, músicas e vídeos, mas deve auxiliar no progresso em áreas fundamentais como educação, saúde e mobilidade urbana, uma vez que são representativas as diferenças entre conexões 3, 4 e 5g.

As evoluções

A quinta geração do sistema de conexão surge como resultado de anos e anos de pesquisas e transformações tecnológicas. Em termos de telefonia, a primeira geração se tornou popular ainda na década de 1980, e o sinal era analógico. O sistema era similar à internet discada e foi pouco utilizado para transferência de dados.

A partir do 2g, que passou a ser implementado durante a década de 1990, a mudança foi drástica porque saiu do modo analógico para o digital. Foi nesta fase, por exemplo, que as pessoas passaram a se comunicar via sms e conversar por e-mail sem a necessidade de um computador. Embora o modelo pareça e de fato esteja defasado nos dias de hoje, este tipo de conexão trouxe avanços consideráveis em termos de internet.

A terceira geração ainda é muito utilizada e foi responsável, em um certo modo, pela maior utilização dos celulares e smartphones no lugar dos computadores e notebooks. Isso porque a conexão permitiu uma aproximação entre esses aparelhos, principalmente na execução de tarefas mais básicas. O 3g possibilitou, por exemplo, o envio de fotos e vídeos para outros aparelhos, e não mais apenas mensagens de texto.

Já o 4g, modelo mais avançado no Brasil até o momento, trouxe um aumento na velocidade, viabilizou o download de arquivos mais pesados e as transmissões pela internet sem perda de qualidade de sinal, e tornou mais fácil ouvir música e assistir a filmes e séries pelo celular.

Novas possibilidades

Como já foi dito, a mudança de 4g para 5g vai proporcionar um aumento na velocidade da conexão. Calcula-se que o novo modelo será dez vezes mais rápido que o atual. Porém, os benefícios não estão apenas na rapidez. Outras vantagens também serão viabilizadas como economia na bateria do celular e uma maior cobertura de internet, o que fará com que mais pessoas a usem ao mesmo tempo e em um mesmo local, como em ambientes de grande aglomeração.

Com um mundo cada vez mais conectado, as relações entre as pessoas e suas formas de lidarem com trabalho, casa e o espaço público sofrem alterações. Para bem ou para mal, o 5g acelera esse processo e desenvolve ainda mais o conceito de Internet das Coisas. A ideia de casas e cidades inteligentes evolui ainda mais com a chegada da quinta geração, com máquinas respondendo de maneira inteligente e com mais velocidade e menos consumo de energia.

Um dos setores que mais será desenvolvido é o de carros autônomos, que já estão em fase de teste em diversos lugares do mundo. O 5g vai possibilitar que o tempo de resposta no trânsito seja menor. Assim, os carros vão detectar obstáculos com mais agilidade, de forma praticamente simultânea, e isso representa diminuição de possíveis acidentes.

Uma maior capacidade de transferência de dados também agiliza ainda mais a popularização do uso de hologramas, seja para apresentação ou conversa. O mesmo serve para o uso de realidade virtual e para o mundo dos games, que se tornarão cada vez mais próximos da vida real.

A chegada do 5g será fundamental para os avanços na medicina. Empresas do setor de saúde estão atentas às inovações que acontecem na área com a chamada telemedicina. A nova conexão promete tornar toda burocracia mais simples, com alguns processos sendo realizados totalmente pela internet. O progresso ainda diminuirá os riscos de cirurgias feitas à distância, por máquinas e robôs, que ainda estão em fase de estudo.

Vale ressaltar que os interessados pelo 5g vão precisar trocar de aparelhos celulares para outros com capacidade para funcionar com a nova conexão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *