Facebook, Twitter e Snapchat são projetados para agir como ‘cocaína comportamental’

twitter-facebook-snapchat: Cocaína comportamental é a nova estratégia de empresas para viciar as pessoas
fonte de consulta: https://www.cnet.com/news/facebook-twitter-are-designed-to-be-like-behavioural-cocaine-for-users-insiders/

Há empresas de tecnologia como, por exemplo, Facebook, Snapchat e Twitter que deliberadamente desenvolvem suas plataformas para criar viciados. A revelação foi feita por fontes que trabalham ou já trabalharam nestas empresas à BBC.
“É como se pegassem cocaína comportamental e jogassem na interface. É isso que faz com que o usuário continue voltando e voltando”, disse Aza Raskin, que ex-funcionário da Mozilla e da Jawbone. Milhares de engenheiros trabalham justamente para criar a interface mais viciante possível, ele disse.

Um dos elementos dessa “cocaína” é a tela infinita, algo que Raskin desenhou no passado para a empresa Humanized – consultoria de interface de usuário. “Se você não der tempo para seu cérebro alcançar seus impulsos, você simplesmente continua rolando [a tela]”, ele explicou. Gigantes desta área levam seus funcionários a criarem tecnologias cada vez mais apelativas e viciantes para alegrar os acionistas, de acordo com a reportagem. “O tempo que as pessoas passam em seu app tem que subir”, completou o desenvolvedor.

Leah Pearlman, co-inventor do botão de curtir do Facebook, disse que ela própria caiu no vício. “Quando eu preciso de validação, vou checar o Facebook”, explicou. Sandy Parakilas, ex-funcionária da mesma rede social, disse que “definitivamente havia ciência do fato de que o produto criava hábitos e viciava”.

Veja também:

Documentário: Os Gigantes da Indústria

Até o próximo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *