A Tecnologia na Gestão de Negócios

A gestão de negócios é uma atividade cada vez mais complexa. Com a elevada competitividade e o ritmo frenético em que as mudanças acontecem interna e externamente às organizações, gestores convivem com pressão constante por redução de custos, aumento de eficiência e inovação.
A Tecnologia na Gestão de Negócios

A tecnologia é uma grande aliada nesse processo. Por meio de ferramentas como sistemasde gestão,aplicativos e equipamentos de ponta para automação de processos, ela representa um dos pilares da administração contemporânea.

No artigo de hoje veremos como seu negócio pode se beneficiar desse importante recurso, que representa um dos principais fatores competitivos da atualidade.

Integração Gerencial: Os ERP’s

Empresas são conjuntos de setores interdependentes. Isso significa que, quando um deles não desempenha seu papel de maneira integrada com os demais, ameaça a performance de todos. Graças a isso, o gestor precisa de uma estratégia que alinhe os esforços individuais, conduzindo-os a um movimento harmônico.

Os ERP Cloud (Enterprise Resource Planning), surgiram para atender tal demanda. Esses softwares empresarias representam grandes avanços em termos de acessibilidade e controle financeiro e de estoque. Cada vez mais essenciais, seus principais benefícios são:

  • Otimização do fluxo de informações;
  • Automação de processos;
  • Gestão aprimorada de estoque;
  • Maior agilidade de comunicação;
  • Extração de relatórios gerenciais;
  • Previsibilidade financeira;
  • Integração entre as informações setoriais.

Tudo isso contribui com o aumento da produtividade operacional e cria uma interface virtual confiável e fidedigna da organização. Sem dúvida alguma, os sistemas ERP’s são os principais recursos tecnológicos da gestão de negócios.

Tomada de Decisões: A Análise de Dados

Um dos aspectos centrais da gestão de negócios na atualidade é a análise da dados. Eles se tornaram a principal base para tomada de decisões assertivas, pelo fato de refletirem objetivamente padrões de interesse organizacional.

Empresas podem facilmente identificar as preferências e comportamentos de seus clientes, as principais fontes de falha em uma linha de produção ou o impacto de medidas gerenciais nos indicadores do negócio. São práticas relativamente antigas, mas que mudaram completamente após a expansão da tecnologia.

Com os recursos certos, qualquer organização é capaz de coletar dados, analizá-los, convertendo-os em informações, e extrair insights que embasem o processo decisório. Empresas que não exploram tal recurso, correm grande risco de se tornarem obsoletas.

Expansão: A Presença Virtual

O terceiro aspecto de alinhamento da tecnologia com a gestão de negócios se refere à presença virtual da organização. A internet possui um alcance imensurável e hoje, para a grande maioria das pessoas, é a principal fonte de informação sobre negócios.

Isso significa, que a forma como sua organização se apresenta na rede é tão importante quanto sua contrapartida física. Seja por meio deum site, blog, aplicativospróprios ou redes sociais, você será visto e só terá chances reais, se seu cliente gostar do que encontrar.

Crescimento: O Capital Intelectual

O último fator que queremos discutir sobre o aprimoramento da gestão de negócios a partir da tecnologia é a absorção de conhecimento. O principal recurso de qualquer empresa no século XXI é a informação. Aquilo que se sabe impacta completamente as perspectivas e os resultados.

O problema é que muitos gestores ainda exploram pouco as possibilidades que a internet e a tecnologia em geral oferecem para expandir os conhecimentos e capacidades de seus colaboradores. Trata-se de um aspecto muito mais dependente da proatividade de cada um, do que de uma estratégia corporativa.

Independentemente do porte do negócio, o uso da tecnologia como forma estruturada de captação de informações é um fator estratégico. Utilizado da maneira certa, pode representar uma fonte de crescimento exponencial.

A Evolução da Gestão de Negócios

A importância da tecnologia como fator competitivo tende a aumentar muito nos próximos anos. Seu potencial para solucionar problemas de qualquer segmento, reduzir custos e aumentar o controle gerencial, é ilimitado.

Empresas de todos os portes já nascem com recursos tecnológicos intrínsecos às suas atividades, enquanto outras, consolidadas no mercado há tempos, desafiam modelos de negócio centenários para se reinventarem.

Esse conjunto de mudanças está modificando completamente o “padrão” da gestão de negócios. Não adianta tentar atuar de forma tradicional em um mercado onde a tecnologia é a regra. Em pouco tempo, será como tentar correr mais rápido do que um carro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA *